Facebook RSS Twitter
Seja bem-vindo! Hoje é Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018.
RELEASES

Anúncios do Ministério da Saúde são bem recebidos pelas Santas Casas e hospitais filantr&oac

Gerente técnica da Federação, Maria Fátima da Conceição, explica as principais mudanças e porque elas são consideradas benéficas para o setor
 
Nesta quinta-feira (31), Santas Casas e entidades beneficentes de todo o país se reuniram em Brasília para a apresentação das Medidas de Reestruturação e Fortalecimento das Entidades Filantrópicas de Saúde do Brasil, pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. O diretor-presidente da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo), Edson Rogatti, esteve presente na audiência, acompanhado de Miriam Caetano e Maria Fátima da Conceição do Departamento Técnico da Federação. “Acreditamos que o anúncio foi muito bom para o nosso setor. As Santas Casas e entidades beneficentes tem agora uma grande oportunidade nas mãos”, afirma a gerente técnica, Maria Fátima da Conceição.
 
O ProSUS, um dos temas da audiência, traz a possibilidade de regularizar os débitos tributários. “Uma reclamação constante de muitas das nossas instituições é que elas não têm dívidas de impostos, mas sim de financiamentos bancários. Para estas foi anunciada hoje, pela Caixa Econômica Federal, uma linha de crédito ampliando de 86 para 120 meses o prazo para pagamento”, explica Fátima. Ainda segundo ela, a novidade do IAC (Incentivo à Contratualização) traz um benefício significativo. “O repasse do IAC representa 50% do valor dos atendimentos de média complexidade. Para os já contratualizados o incentivo representa quase o dobro do que recebem hoje. Para os que irão contratualizar pela primeira vez é um incentivo de 50% a partir do mês de contratualização”, lembra a gerente técnica. As mudanças na Lei da Filantropia também entraram em pauta e foram avaliadas positivamente.
 
Por fim, o ministro Alexandre Padilha afirmou que 50% das emendas obrigatoriamente devem ser para a Saúde, e estas também serão válidas para custeio, o que antes não podia. “Consideramos o dia muito positivo. Temos muitas dificuldades ainda pela frente, mas com esse incentivo, os obstáculos devem ser mais facilmente superados. Já temos parcerias fortes com o Governo do Estado de São Paulo, e agora contamos também com este apoio do Ministério da Saúde para tirar as Santas Casas da crise e garantir a sobrevivência do SUS”, conclui Edson Rogatti.

Pense antes do BOM DIA GRUPO
Filosofando sobre a conduta no "Whats"   [...]
Jornalista da Predicado colabora em reportagem da revista Gestão & Negócios
A jornalista Carolina Fagnani, diretora executiva da Predicado Comunicação Empresarial foi conv [...]

55 11 4930-2006
predicado@predicadobrasil.com.br

Avenida Imperatriz Leopoldina, 263
Sala 14 - Nova Petrópolis
CEP 09770-271
S. Bernardo do Campo – SP

Atendimento: segunda a sexta-feira,
das 9h as 18h

Predicado © 2013, Todos os direitos reservados.  | Política de Privacidade | Direitos Autorais | Fale Conosco