Facebook RSS Twitter
Seja bem-vindo! Hoje é Terça-feira, 13 de Novembro de 2018.
RELEASES

Empresa de embalagens de papelão do ABC amplia planta da fábrica devido a alta na demanda em 2013

Com mercado aquecido, faturamento da Mazurky subiu 30% até o último mês de maio, e após as mudanças estruturais espera-se um crescimento de 19% até o fim deste ano
 
No primeiro semestre de 2013, o setor de papelão ondulado registrou um crescimento na demanda de matéria prima maior do que o esperado. Segundo a ABPO, a venda alcançou 291,438 mil toneladas em abril, uma alta de 11,9% ante igual mês de 2012. Para a Mazurky, uma empresa especializada na fabricação de embalagens e caixas de papelão ondulado, localizada no ABC Paulista, somente no mês de abril, a produção faturada foi 48% maior que no mesmo mês do ano passado.
 
A fim de se adaptar a nova demanda, que no primeiro quadrimestre de 2013 foi 26% maior que o mesmo período de 2012, a fábrica passou por uma mudança de layout na planta e melhorias na logística. “Nosso principal desafio era montar um evento na área interna fabril em plena operação e manter o compromisso com nossos clientes”, explicou o diretor da empresa, Eduardo Batistella Mazurkyewitz. Para isso, o primeiro passo adotado foi criar estratégias de mudanças, determinar quando e como realizar, identificar as barreiras e gerenciar os aprimoramentos. “Fizemos um investimento equivalente a 2% do faturamento anual, com base em um tempo de retorno de 12 meses”, apontou. “Importamos novos equipamentos, mudamos o layout de logística de produção e ganhamos 30% de produtividade e agilidade, com o mesmo número de colaboradores”, completou.
 
Entre as mudanças estão a alteração do desenho da planta do processo produtivo, a alteração física das máquinas impressoras, a ampliação da quantidade de prateleiras para armazenar produtos prontos, a aquisição de novas máquinas, como a de sucção de aparas, além da renovação do laudo de ruído externo e a vistoria do Corpo de Bombeiros. O resultado do investimento foi a instantânea elevação do gráfico de produção em 40%, aliado ao facilitador do fluxo de movimentação interna. “Fizemos o planejamento adequado e concluímos as obras com uma taxa de crescimento alta e uma taxa de retorno de produção imediato”, opinou Eduardo. “Nosso faturamento subiu em média 30% até o último mês de maio. Com a adequada gestão da obra no processo fabril e uma produção linear, as expectativas são melhores ainda. O setor deve continuar crescendo e esperamos crescer 19% até o final do ano para atender o mercado”, finalizou.

Pense antes do BOM DIA GRUPO
Filosofando sobre a conduta no "Whats"   [...]
Jornalista da Predicado colabora em reportagem da revista Gestão & Negócios
A jornalista Carolina Fagnani, diretora executiva da Predicado Comunicação Empresarial foi conv [...]

55 11 4930-2006
predicado@predicadobrasil.com.br

Avenida Imperatriz Leopoldina, 263
Sala 14 - Nova Petrópolis
CEP 09770-271
S. Bernardo do Campo – SP

Atendimento: segunda a sexta-feira,
das 9h as 18h

Predicado © 2013, Todos os direitos reservados.  | Política de Privacidade | Direitos Autorais | Fale Conosco