Facebook RSS Twitter
Seja bem-vindo! Hoje é Terça-feira, 13 de Novembro de 2018.
RELEASES

Indústria e Comércio aquecidos impulsionam aumento de 12% no preço do papelão

Estoque atingirá mínima histórica
 
Todos os indicadores e fontes do setor de papelão ondulado apontam o crescimento da demanda de matéria prima e acenam para o aumento do custo que já foi anunciado em 12% pelos fornecedores.
 
A venda de papelão ondulado alcançou 291,438 mil toneladas em abril, uma alta de 11,9% ante igual mês de 2012. Os dados são do levantamento prévio realizado pela Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO).
 
Para a Mazurky, uma empresa especializada na fabricação de embalagens e caixas de papelão ondulado, o cenário é positivo e reflete a demanda. Em abril a produção faturada foi 48% maior que no mesmo mês do ano passado. O acumulado de janeiro a abril é 26,5% de aumento.
 
O diretor Eduardo Mazurkyewistz conta que foi necessário investir para atender o mercado. “Importamos novos equipamentos, mudamos o layout de logística interna de produção e ganhamos 30% de produtividade e agilidade, com o mesmo número de colaboradores. Os clientes estão comprando mais, no nosso aumento de produção, apenas 3,7% do faturamento é proveniente de clientes novos. A demanda cresceu na carteira dos clientes antigos, isso demonstra que os clientes não estão acomodados e estão correndo atrás de novos mercados e novas oportunidades””.
 
O principal fornecedor da Mazurky já anunciou que os preços da matéria prima terão acréscimo de 12% e os indicativos mostram que pode até faltar papelão para o segundo semestre. Em 2013 está prevista uma redução na disponibilidade de papel para fabricação de papelão ondulado, com os estoques alcançando sua mínima histórica, com redução de 7,6 dias de estoque sobre 2012 (dados ABPO/Bracelpa).
 
Ainda assim o empresário tem excelentes expectativas. “Temos que trabalhar com o aumento de custos e com a oferta de papel, firmando parcerias com fornecedores e clientes, mas não posso reclamar, tudo é reflexo da demanda, o que significa boas vendas, o setor deve continuar crescendo e esperamos crescer 19% até o final do ano. Não acredito que faltará papelão, apenas o prazo de entrega poderá ser extendido por alguns dias”.
 
A oportunidade de negociar preço é positiva, acredita. “É na hora que o preço sobe que as empresas voltam a buscar novos fornecedores no mercado. Temos que aproveitar essa chance para fazer boas negociações, mostrar o produto e atendimento para os clientes que estão buscando alternativas. Eles podem ganhar com negociação e as empresas que trabalharem bem poderão ampliar sua carteira”, conclui. 

Pense antes do BOM DIA GRUPO
Filosofando sobre a conduta no "Whats"   [...]
Jornalista da Predicado colabora em reportagem da revista Gestão & Negócios
A jornalista Carolina Fagnani, diretora executiva da Predicado Comunicação Empresarial foi conv [...]

55 11 4930-2006
predicado@predicadobrasil.com.br

Avenida Imperatriz Leopoldina, 263
Sala 14 - Nova Petrópolis
CEP 09770-271
S. Bernardo do Campo – SP

Atendimento: segunda a sexta-feira,
das 9h as 18h

Predicado © 2013, Todos os direitos reservados.  | Política de Privacidade | Direitos Autorais | Fale Conosco