Facebook RSS Twitter
Seja bem-vindo! Hoje é Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018.
RELEASES

Cirurgia da Mão é tema de congresso em Fortaleza

Entre os dias 16 e 18 de agosto, a capital do Ceará irá receber o maior evento relacionado à Cirurgia da Mão, o que envolve as diversas patologias que acometem o membro superior (38º Congresso Brasileiro de Cirurgia da Mão). Nesta oportunidade contaremos com a presença de especialistas nacionais e internacionais que através de palestras e debates vão abordar os diversos aspectos envolvidos no diagnóstico e tratamento com foco principal para patologias congênitas, artroscopia do punho e traumas do membro superior.
 
A Cirurgia da Mão é uma especialidade médica, cujo título é obtido através da formação médica, especialização em ortopedia ou cirurgia plástica, e somente então o candidato pode aplicar para a residência de mão, que dura 2 anos. É um longo percurso, o que garante uma formação sólida, que garante o alto nível de nossos especialistas. Hoje temos no Brasil 720 especialistas em cirurgia da mão, contudo sabemos que este número ainda é insuficiente, considerando as dimensões continentais de nosso país
 
Neste período em que especialistas estarão na cidade, gostaríamos de sugerir algumas pautas:
 
Pauta 1 – acidentes domésticos com crianças
 
Os acidentes domésticos ainda são as principais causas de ferimentos em crianças. A cada ano, são registrados 6 mil mortes e mais de 140 mil internações na rede pública de crianças abaixo de 14 anos, segundo dados do Ministério da Saúde. As mãos são os membros mais atingidos dentro de casa, sendo a cozinha o lugar onde ocorrem mais acidentes. Portanto, cabe uma atenção especial com as crianças neste local
 
Sugestão – abordar os principais “vilões domésticos” e o que fazer no caso de ferimentos.
 
Pauta 2 – queimaduras nas mãos
 
Por ano, cerca de 1 milhão de pessoas sofrem queimaduras, sendo que 80% dos acidentes acontecem em casa, segundo a Sociedade Brasileira de Queimaduras – SBQ e a principal causa de queimaduras está relacionada ao manuseio de água fervente e óleo quente de cozinha. A mão por motivos óbvios tende a ser a principal parte envolvida neste tipo de acidente, e portanto os cuidados locais iniciais e a posteriori devem ser abordados e são fundamentais para o sucesso do tratamento
 
Sugestão – abordar os principais “vilões domésticos” e o que fazer no caso de queimaduras nas mãos.
 
Pauta 3 – uso de tecnologia pode gerar doenças nas mãos e colunas
 
O uso de celulares e tablets têm gerado novos quadros de dor e inflamatórios em especial no membro superior . A movimentação repetitiva e constante, além dos efeitos maléficos posturais relacionados à coluna cervical, temos o aumento das tendinites localizadas na região do cotovelo e mão. Devemos propor o uso racional desses novos aparelhos, que foram inseridos de forma definitiva na nossa vida
 
Sugestão – abordar as principais doenças que a tecnologia em excesso pode causar e como evitar.
 
Pauta 4 – lesões do esporte
 
Na área esportiva, a mão e o punho são frequentemente acometidas por traumatismos em especial em esportes que utilizam bolas e em que há contato físico entre os atletas. A partir de um trauma na mão podemos ter diferentes tipos de patologias, caracterizadas por deformidades que vão caracterizar o problema, como dedo em martelo, deformidade em botoeira ou pescoço de cisne dentre várias outras. O atendimento correto inicial e a proposta terapêutica adequada faz toda a diferença para o sucesso do tratamento
 
Sugestão – abordar a importância da prática de esporte com acompanhamento e os principais cuidados para se evitar acidentes.
 
 Pauta 5 – Fraturas nas mãos e punhos lideram o ranking de acidentes no trabalho
 
A importância da especialidade da Cirurgia da Mão, pode ser aferida pelos números apresentados pelos órgãos federais, que apontam que as patologias traumáticas ou não, lideram o número de atendimento e de motivos de afastamento dos trabalhadores identificados pelo INSS. Em 2017, de acordo com números preliminares do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), foram concedidos 196.754 benefícios a trabalhadores que precisaram ser afastados das atividades profissionais por mais de 15 dias devido a algum problema de saúde ocasionado pelo trabalho. A média foi de 539 afastamentos por dia. Dentre as 20 principais causas de afastamento por acidentes no trabalho em 2017, de acordo com o INSS, as fraturas ao nível do punho e da mão lideram o ranking, com 22.668 casos. 
 
No Ceará, em 2017, as despesas com auxílios- doença por acidente de trabalho somaram quase R$ 19 milhões, isso, somente com gastos previdenciários. Os dados são do Ministério Público do Trabalho (MTP). Ao todo foram 4.406 afastamentos no estado, uma redução de 15,5% comparado ao ano anterior.
 
Sugestão – falar sobre as principais causas de acidentes de trabalho e como prevenir.
 
Estaremos à disposição em Fortaleza de 15 a 18 de agosto.

Pense antes do BOM DIA GRUPO
Filosofando sobre a conduta no "Whats"   [...]
Jornalista da Predicado colabora em reportagem da revista Gestão & Negócios
A jornalista Carolina Fagnani, diretora executiva da Predicado Comunicação Empresarial foi conv [...]

55 11 4930-2006
predicado@predicadobrasil.com.br

Avenida Imperatriz Leopoldina, 263
Sala 14 - Nova Petrópolis
CEP 09770-271
S. Bernardo do Campo – SP

Atendimento: segunda a sexta-feira,
das 9h as 18h

Predicado © 2013, Todos os direitos reservados.  | Política de Privacidade | Direitos Autorais | Fale Conosco