Facebook RSS Twitter
Seja bem-vindo! Hoje é Quarta-feira, 19 de 09 de 2018.
RELEASES

O que fazer quando as emoções atrapalham?

Acaba de chegar às livrarias “A Grande Obra – Como identificar e o que fazer com o orgulho, a inveja, a raiva e a culpa”, primeiro livro autoral do médico psiquiatra Luiz Alberto Hetem, que apresenta uma abordagem inédita sobre as emoções e sua influência na vida das pessoas.
 
Com a popularização de medicamentos e tratamentos psiquiátricos, muitas pessoas procuram os consultórios acreditando que sentimentos normais são manifestações de problemas graves – ou até mesmo doenças. O objetivo desta obra é contribuir para que as pessoas identifiquem em si mesmas esses sentimentos que podem atrapalhar a vida e dificultar as relações interpessoais. “Esse é o primeiro passo para a mudança”, afirma Hetem.
 
De acordo com ele, “este não pretende ser um manual de autoajuda nem visa substituir o trabalho de um psicoterapeuta. É um livro direcionado às pessoas pensantes, questionadoras e que se interessam pelos assuntos da mente, dentre eles as nossas emoções”.
 
A partir de relato de casos fictícios, inspirados em histórias reais que Hetem acompanhou durante anos, nos atendimentos em psiquiatria clínica, “A Grande Obra” apresenta uma variedade de possibilidades de como as emoções-obstáculo (como o autor convencionou chama-las) podem se expressar.
 
“No momento certo, que é variável para cada indivíduo, um estímulo preciso pode deflagrar uma centelha que, por sua vez, principia o processo de autoanálise, cuja consequência natural é a ampliação do autoconhecimento”, explica o autor.
 
Saber como controlar os sentimentos ou mesmo evitar que as reações que geralmente os acompanham sejam desencadeadas por um gatilho, pode tornar a vida menos complicada. “Não existe sentimento bom ou ruim. Aprender a lidar com os sentimentos é mais promissor e menos desgastante do que tentar negá-los ou eliminá-los”.
 
Sobre o autor
 
Luiz Alberto Hetem é paulista de Ribeirão Preto. Formou-se médico pela Faculdade de Medicina de Botucatu, da Unesp, em 1985. É especialista em Psiquiatria, doutor em Saúde Mental (área de concentração: Psicofarmacologia) pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRPUSP) e fez pós-doutorado no Serviço de Psiquiatria do Hospital Civil de Estrasburgo, na França. Foi professor da Pós-graduação em Saúde Mental da FMRP-USP de 1999 a 2010 e diretor da Associação Brasileira de Psiquiatria de 2003 a 2010. Coeditou livros técnicos sobre Transtornos de Ansiedade, de Educação Continuada em Psiquiatria e um livro de divulgação, Entendendo os transtornos mentais. Desde 2011 dedica-se unicamente à clínica privada. É casado e tem dois filhos.

Pense antes do BOM DIA GRUPO
Filosofando sobre a conduta no "Whats"   [...]
Jornalista da Predicado colabora em reportagem da revista Gestão & Negócios
A jornalista Carolina Fagnani, diretora executiva da Predicado Comunicação Empresarial foi conv [...]

55 11 4930-2006
predicado@predicadobrasil.com.br

Avenida Imperatriz Leopoldina, 263
Sala 14 - Nova Petrópolis
CEP 09770-271
S. Bernardo do Campo – SP

Atendimento: segunda a sexta-feira,
das 9h as 18h

Predicado © 2013, Todos os direitos reservados.  | Política de Privacidade | Direitos Autorais | Fale Conosco