Facebook RSS Twitter
Seja bem-vindo! Hoje é Terça-feira, 13 de Novembro de 2018.
RELEASES

Entidades da Saúde fazem manifesto por mais atenção ao tratamento do câncer e deficiênc

Ministério da Saúde recebe documento com reivindicações para edição da portaria que regulamenta o PRONON e PRONAS/PCD
 
Foi entregue hoje ao ministério da Saúde, um manifesto multientidades por mais atenção do órgão às áreas de Oncologia e de reabilitação de pessoas com deficiência. Entre as instituições que assinam o documento estão o Instituto Oncoguia, a Abrale (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia), o IBCC (Instituto Brasileiro de Controle do Câncer) e a Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo).
 
O manifesto aborda os problemas enfrentados com os Programas Nacionais de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON) e o de Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD), ferramentas criadas pelo Governo para o destino de mais verbas aos setores, porém atualmente sem serventia devido à falta de regulamentação e regras. “Por meio desses programas, entidades sem fins lucrativos qualificadas ou tituladas com CEBAS (Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social), OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) ou OS (Organização Social), passariam a ter a possibilidade de captar e canalizar recursos para o desenvolvimento de projetos relacionados à prevenção e o combate ao câncer (PRONON) e à reabilitação da pessoa com deficiência (PRONAS/PCD) mediante doações e patrocínios incentivados com dedução do imposto sobre a renda (IR), tanto pessoas físicas, quanto jurídicas”, explicou como o sistema funciona no papel, Tiago Farina Matos, advogado da Fehosp.
 
Na prática, no ano-calendário de 2012, nenhum valor pôde ser captado pelo PRONON e PRONAS/PCD devido à ausência de regulamentação por parte do governo federal. Em 2013, mais de R$ 600 milhões poderiam ter sido introduzidos, mas somente R$ 81 milhões foram captados, devido especialmente ao atraso e à falta de coerência e transparência nas regras estabelecidas para os Programas e ineficiência do seu gerenciamento. “Este ano a história se repete, as áreas afetadas pelos Programas foram autorizadas a receber incentivo de aproximadamente R$ 1,4 bilhão, conforme Portaria Interministerial nº 1.137/14, contudo, até o momento, o Ministério da Saúde não publicou Portaria para abrir prazo para a apresentação de projetos e nem os seus critérios”, afirmou o especialista. O compromisso assumido pelo MS previa a edição da portaria até março de 2014, e já se foram quatro meses.
 
Segundo Tiago Farina Matos, a situação se agrava, pois muitas empresas e pessoas físicas que regularmente doam para as entidades de atenção ao câncer ou à reabilitação de pessoas com deficiência, por razões óbvias, estão aguardando a Portaria editada por este Ministério para liberarem as verbas destinadas a essas instituições. Por isso, o manifesto traz dois propósitos:
 
1.    externar a situação dramática pela qual passam as áreas de oncologia e de reabilitação das pessoas com deficiência; e
 
2.    reivindicar a Vossa Excelência a imediata regulamentação dos PRONON/PRONAS-PCD, por meio do estabelecimento de regras e prazos coerentes para apresentação e aprovação dos projetos, de modo a garantir investimento de aproximadamente R$ 1,4 bilhão nas áreas de oncologia e reabilitação das pessoas com deficiência.
 
Confira a lista de entidades que ratificam o manifesto:
 
Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas — CMB
 
Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (FEHOSP)
 
Associação Brasileira das Instituições Filantrópicas de Combate ao Câncer (ABIFICC)
 
Instituto ONCOGUIA
 
Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (ABRALE)
 
Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (FEMAMA)
 
Instituto Se Toque
 
Associação Brasileira de Epilepsia (ABE)
 
Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC)
 
Hospital A.C. Camargo
 
Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo
 
Instituto Sorrir para a Vida
 
Sociedade Brasileira de Mastologia
 
Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica

Pense antes do BOM DIA GRUPO
Filosofando sobre a conduta no "Whats"   [...]
Jornalista da Predicado colabora em reportagem da revista Gestão & Negócios
A jornalista Carolina Fagnani, diretora executiva da Predicado Comunicação Empresarial foi conv [...]

55 11 4930-2006
predicado@predicadobrasil.com.br

Avenida Imperatriz Leopoldina, 263
Sala 14 - Nova Petrópolis
CEP 09770-271
S. Bernardo do Campo – SP

Atendimento: segunda a sexta-feira,
das 9h as 18h

Predicado © 2013, Todos os direitos reservados.  | Política de Privacidade | Direitos Autorais | Fale Conosco